SALESIANOS COOPERADORES

UM VASTO MOVIMENTO DE PESSOAS PARA SALVAÇÃO DA JUVENTUDE.

Província de São Paulo

Quando é que Dom Bosco não rezava?

  • 12/11/2020

  • 21:25

Quem se dispõe a ler alguma, qualquer uma, das biografias de São João Bosco, mais conhecido como Dom Bosco, certamente se surpreende com as inúmeras atividades desenvolvidas por ele e distribuídas ao longo do seu dia, desde presidir missas para seus meninos, até receber em atendimento autoridades da época, passando por atendimento de confissões, escrever livros, pregar retiros, e inclusive se preocupar em planejar e redigir a constituição de sua congregação e outras ainda mais.

Para uma melhor compreensão desse cotidiano impressionante, o Conselho Provincial de São Paulo da Associação dos Salesianos Cooperadores, convidou o inspetor salesiano da inspetoria do Recife - PE, Pe. Nivaldo Luiz Pessinatti, SDB para discorrer sobre esse apaixonante tema, em uma "live"..

Pe. Pessinatti, com seu costumeiro bom humor e de uma forma bastante simpática, então, demonstrou  o impressionante ritmo do santo em transformar todas suas atividades em um hino de louvor a Deus e devoção à Nossa Senhora Auxiliadora, conforme pode-se novamente recordar ou assistir na gravação abaixo.



Diante do quadro apresentado pelo Pe. Pessinatti, fica fácil perceber a verdade que aparece na pergunta dada pelo postulador da causa da canonização de Dom Bosco, quando provocado pela afirmação de que DOm Bosco pouco rezava, pergunta essa que trazemos como título desta matéria: "Quando é que Dom Bosco não rezava?

SC Carlos R. Minozzi